+56 9 9539 7798 (whatsapp - Elias Faundez)
Preço: Sob consulta
Reserve aqui

O mais famoso e provavelmente também o mais antigo centro de esqui da América do Sul, este ano comemora o 55º aniversario. Somente 40 kilometros separam a base deste centro do pico Aconcágua, o mais alto do hemisfério sul. No coração mesmo da Cordilheira dos Andes, com 2.850 metros sobre o nível do mar, Portillo ou "paso angosto" era o principal passo entre a Argentina e o Chile, transitado primeiro pelas mulas e cavalos e depois pelo trem transandino, que atravessava um dos percursos mais espetaculares sobre os trilhos. Depois que se inaugurou a rodovia internacional, o trem se desativou durante os anos 70, perdendo assim este caminho esta maravilhosa experiência.

Porém a história da região esta também marcada pela Estação de inverno mundialmente conhecida pelos esquiadores. Foi em Portillo onde o famoso Jean Claude Killy obteve suas primeiras medalhas de ouro no Campeonato Mundial de esqui de 1966, e onde também se quebrou o record mundial dos 200km/h na pista Roca Jack.

O centro da atividade está situado no único alojamento da região: O Grande Hotel Portillo. A cada ano é visitado pelos esquiadores que o adotaram como seu refúgio de inverno, o lugar escolhido para encontrar-se com os companheiros de pista, o que lhe outorga a estação uma distinção especial.
Construído a 2890 metros sobre o nível do mar, o hotel esta a um kilómetros da alfândega chilena Paso de los Libertadores e a seis kilómetros da fronteira Argentina, oferecendo todas as atividades disponíveis pela estação invernal.
Em frente ao hotel na base, você encontrará a lagoa de El Inca, nome dado pela legenda do inca Illi Yunqui e sua amada.

"Um dos passeios mais encantadores do Chile, paisagens de tirar o fôlego . Sua oportunidade de ver a neve."

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Whatsapp (obrigatório)

Sua mensagem